quinta-feira, 8 de junho de 2017

Gerador de números

Este aparelho pode ser usado em sorteios, em experiências de percepção extra-sensoriais, em jogos e de muitas outras formas.

Os executivos podem até usar este aparelho num interessante jogo de tomada de decisões.

A alimentação do aparelho pode ser feita com pilhas ou bateria e são utilizados poucos componentes comuns de baixo custo.

Sortear um número entre 1 e 10 pode ser interessante em muitos tipos de jogos, pesquisas ou mesmo para tomar decisões importantes.

Evidentemente, a possibilidade de se contar com um recurso eletrônico para esta finalidade, que seja à prova de fraudes, pode ser muito mais interessante ainda.

O aparelho que propomos para esta finalidade, além de ser à prova de fraudes ou de vícios que possam forçar mais a saída de determinados números tem um visual bonito e pode ser levado no bolso, pois se trata de uma montagem bastante compacta.

A indicação do valor sorteado é feita através de um de 10 Leds que permanece aceso.

O consumo do aparelho, por outro lado, é muito baixo, o que garante excelente durabilidade para as pilhas ou bateria.

Mas, uma característica importante a ser observada é o modo como é feito o sorteio:

pelo simples toque dos dedos num sensor.

Quando tocamos neste sensor, os Leds piscam rapidamente (não conseguimos notar o corrimento sequencial, de tão rápido) e quando tiramos os dedos, apenas um deles permanece aceso.

A velocidade elevada do corrimento impede que alguém consiga tirar o dedo exatamente no instante em que o Led que deseja sortear esteja aceso.

Características:

Tensão de alimentação: 6 volts ou 9 volts

Consumo: 5 mA (tip)

Número de sorteio: 1 à 10

Acionamento: por toque

A base do projeto é um circuito integrado CMOS que consiste num decodificador 1 de 10 muito conhecido.

Partindo da situação em que o primeiro Led está aceso, a cada pulso que aplicamos na sua entrada (pino 14), o Led aceso apaga e o seguinte acende.

Isso significa que em cada instante apenas um Led estará aceso e esta condição depende do número de impulsos que aplicamos na entrada.

O circuito, por ser de tecnologia CMOS é extremamente sensível e até mesmo os sinais da rede de energia de 60 Hz captados pelo nosso corpo podem dispará-lo provocando assim o corrimento dos Leds.

Assim, se ligarmos uma plaquinha de metal (sensor) a esta entrada, bastará tocarmos com os dedos, para que os 60 Hz da rede de energia sejam interceptados e 60 pulsos por segundo sejam aplicados ao circuito, fazendo os Leds correrem rapidamente.

Nesta velocidade (60 por segundo) não podemos controlar o circuito de modo que, ao tirarmos os dedos do sensor, é praticamente impossível saber quantos pulsos passaram e, portanto qual Led ficará aceso.

Por mais curto que seja o toque não podemos controlá-lo a ponto de determinar o número exato de pulsos e, portanto o resultado do sorteio.

O resistor R1 polariza a entrada de modo a não deixá-la num estado indefinido enquanto R2 limita a corrente que circula pelos Leds.

Na figura temos o diagrama completo do aparelho.

A montagem poderá ser feita numa pequena placa de circuito impresso conforme disposição de componentes mostrada na figura.

Para o circuito integrado será interessante usar um soquete DIL de 16 pinos.

Na montagem, os Leds devem, ficar com os terminais longos, afastados da placa conforme mostra a figura, de modo que eles possam encaixar na parte frontal da caixa, onde existem furos.

Os resistores são de 1/8 W ou maiores e o capacitor C1 é um eletrolítico para 12 volts ou mais.

A alimentação, conforme o tamanho da caixa pode ser feita com uma bateria de 9 volts ou então 4 pilhas pequenas.

O sensor é um percevejo ou uma chapinha de metal no painel.

Também pode ser usado um pedaço de placa de circuito impresso virgem para esta finalidade.

Basta ligar a alimentação e tocar no sensor.

Os Leds devem correr rapidamente dando a impressão que todos estão acesos fracamente.

Tirando o dedo somente um Led deve permanecer aceso.

Podemos numerar os Leds de 1 a 10 ou até mesmo fazer cartelas como a mostrada na figura para jogar "rapa tudo".

Comprovado o funcionamento é só utilizar o sorteador.

LISTA:

Semicondutores:

CI-1 - 4017 - circuito integrado CMOS

Led1 à Led10 - Leds vermelhos comuns

Resistores: (1/8W, 5%)

R1 - 22MΩ

R2 - 470Ω

Capacitor:

C1 - 10µF x 12 volts - eletrolítico

Diversos:

B1 - 6 volts ou 9 volts - 4 pilhas pequenas ou bateria S1

- Interruptor simples

Placa de circuito impresso, sensor, suporte de pilhas ou conector de bateria, caixa para montagem, suporte para os Leds(opcional), fios, solda, etc.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.